O sábio e o gnóstico (2ª parte)

* continuação de O sábio e o gnóstico (1ª parte) * “ Guarde o depósito, evita o palavreado vão e ímpio, e as contradições de uma falsa ciência (gnoseos), pois alguns, professando-a, se desviaram da fé.”  (1 Tim 6, 20) “Ainda que tivesse o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência (gnosin) […]

Agostinho também começou com um guru, mas progrediu (então há esperança para gente!)

Durante os quase nove anos em que meu espírito errante deu ouvidos aos maniqueus, esperei ansiosamente a vinda de Fausto. Os demais adeptos, com os quais me encontrava casualmente, embaraçados com as objeções que eu lhes fazia, remetiam-me a ele que, à sua chegada, com uma simples entrevista resolveria facilmente todas aquelas dificuldades, e ainda […]